Uma profusão de pensamentos alheios


17/11/2010


Das vivências que se perdem


No meio do mês de novembro, reencontrei um amigo do qual havia perdido o contato. 

Nem sabia o que dizer, nem ele. Tentei manter um bom astral e o humor amestrado e selvagem de sempre - a dualidade me persegue.

Percebi que a dosagem não havia afetado a indiferença e parei. Quando o humor não resolve, nada resolve.

Para quem me conhece, me conheceu, ou apenas interage comigo via msn ou email já deve ter notado que não suporto o clima “velório”.  Às vezes, sem nada para dizer, busco algumas histórias engraçadas para contar, ou melhor, interpretar. A verdade é que se não me identifico com alguém, esteja certo(a): não busco intimidades, nem ao menos faço gracinhas, isso me ofende.

O humor é algo mágico que torna você e o outro íntimo, íntimo no sentido familiar. Torna você e o outro próximos.

Quiçá, por esta razão, alguns humoristas se tornam tão queridos de muita gente. Millôr, por exemplo, mais parece meu avô que não tive. Conhecido por seu humor refinado, torna a vida de qualquer leitor mais suportável ante as adversidades que tolhem nossa capacidade de processar a vida.

Bem, o que quero dizer com tudo isso é que, com o tempo, algumas pessoas não comportam mais no seu grupo. Não importa o que você faça, que conversa terão ou que novidades tenham. Algumas pessoas, simplesmente, fogem de você e, como uma nuvem apressada, toma rumos improváveis. Por mais que você tente resgatar a alegria que sobrou delas, entenderá que a única coisa que resta é a feição de um tempo que passou sem memorizar o caminho de volta para o encantamento da juventude inesgotável.

Falando assim, parece que tenho 54 anos. Tenho um terço disso, mas as coisas mudam, quem sabe já não esteja na hora de dormir preocupada com as contas e a vida que você teria se tivesse estudado mais ou aceitado o convite para casar com aquele burguês ganancioso da fila do cinema?

__ Do que você está falando? 

__Não sei. O que você ouviu?

Escrito por Paula Pires às 00h10
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Histórico